“Evolução”

Imagem

Mulheres, às vezes eu me pergunto se, ao queimar os sutiãs, vocês inalaram tanta fumaça que afetou o cérebro de vocês. Não, não é machismo e sim, eu sou uma mulher.

Vamos lá, para quem não sabe, a palavra evolução vem do verbo evoluir que tem por significado desenvolver, crescer, progredir. Percebe? Evoluir é bom. No geral, a evolução da mulher é vista como a conquista feminina. Mostrar que somos capazes de trabalhar, de sustentar uma família, de criar, de comandar, de viver em livre arbítrio, pelo simples fato de sermos seres humanos, certo? Certo.

Porém, não é possível a mulher evoluir sem que o mundo evolua com ela. Não é possível igualar os direitos entre os sexos sem igualar seus deveres também. Esses dias eu li uma lista de ‘regras de uma dama’, e uma em particular me chamou a atenção, que dizia: “Pareça como uma borboleta, mas pique como uma abelha”. Essa é a melhor definição da evolução feminina.

Uma mulher contemporânea, digna de ser chamada de evoluída, sabe encontrar o equilíbrio entre delicadeza e força, pureza e luxúria, beleza e inteligência. Uma mulher digna desse título sabe que evoluir é poder escolher seu próprio destino, tomar suas próprias decisões e enfrentar as consequências de cabeça erguida, porque de frágil esse sexo não tem nada.

Agora, se você acha que a evolução é trair seu namorado, andar praticamente nua por ai, beijar dezenas de homens em uma única noite por uma questão de “direitos iguais” e que, quem for contra é “machista”, me desculpe, mas você não é uma mulher evoluída. Você não é, nem de perto, um ser evoluído.  Sabe por quê? Porque, depois de todo esse discurso feminista, você reclama que tem que dividir a conta do jantar, que ele não abre a porta do carro ou não te dá flores, ou até mesmo que ele quis “só sexo”. Você não pode esperar por um cavalheiro se você não souber se comportar como uma dama.

Antigamente os pais “vendiam” suas filhas para os pretendentes mais ricos da cidade. Hoje em dia, as mulheres se “vendem” por um carro importado, um abdome definido ou um bolso cheio. Antigamente os casamentos duravam mais, porque as mulheres não tinham uma vida financeira independente para viverem sozinhas. Hoje em dia, qualquer coisa é motivo para brigar, e qualquer briga é motivo para separar e gritar ao mundo que você é independente e paga suas contas.

Mas, e o amor? O que aconteceu com aqueles romances proibidos pela falta de voz que a mulher tinha pra dizer e tomar suas próprias decisões? O amor “evoluiu”, assim como essas “mulheres”, assim como o mundo. A tecnologia diminuiu o tempo e o espaço entre as pessoas, assim como seus sentimentos. O amor contemporâneo é high tech, rápido e passageiro como os produtos da Apple. E isso não é uma questão sexual, é uma questão moral.

O mundo é livre, assim como nossas escolhas. Não é uma questão de impor regras, mas sim de esclarecimento. Não confunda guerra dos sexos com falta de caráter. Não jogue tudo pro ar por falta de bom senso. Use do seu instinto maternal, do seu sexto sentido, da sua delicadeza e seu charme como instrumentos valiosos de ensinamento e crescimento humano. Crie alguma coisa nova, aspire um cargo de chefia, use da sua habilidade em fazer várias coisas ao mesmo tempo como uma vantagem para traçar seus objetivos de vida e conciliar sua vida profissional e pessoal de maneira bem sucedida. Continue delicada e cheirosa como uma rosa, mas mantenha os espinhos caso precise deles.

Entenda, por fim, que evolução feminina é a busca pela igualdade dos direitos humanos, não dos sexos. Homem é diferente de mulher por motivos óbvios, pronto. O resto é puro caráter e valor pessoal. Portanto, antes de exigir respeito, se dê ao respeito.

Bruna Said Miguel

Anúncios

2 opiniões sobre ““Evolução”

  1. Texto ótimo… concordo plenamente… e não é por nada não… mas aqui no RJ a deturpação dessa ideia e a falta de respeito da mulher consigo mesma é ainda mais exacerbada… Realmente não me adapto… Ainda bem!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s